Arquivo da tag: Influência

Mudança de Vida

Estamos vivendo tempos difíceis, isso ninguém tem dúvida.

Pense comigo por um momento:
Se não houvesse crise política, altos níveis de desemprego, empresas quebrando, inflação alta – Sua vida,  seria mais fácil?

Mudar o governo, baixar o dolar, reduzir a inflação… Isso vai provocar uma mudança na sua vida?

Vai mudar pra melhor?

Tem certeza?

Não tenho dúvidas de que tudo isso influencia diretamente nossas vidas.

Também não estou dizendo que essas mudanças não devem acontecer.

Acredito que se temos uma organização mal administrada, é preciso encontrar os problemas, corrigir os erros e traçar um plano de recuperação.
Aprender com o erros e focar nos resultados. Se deixar a organização sob uma gestão ruim, a organização se “desorganiza”, e todos os envolvidos sofrem com isso.

Pense numa casa desorganizada. Os habitantes dessa casa sofrem as consequências dessa desorganização. É preciso haver mudança para tornar a vida melhor.

Sou muito favorável a mudanças!

Mas existem algumas mudanças que não estão sob o nosso controle.

Podemos influenciar, mas não podemos controlar.

O ponto onde eu quero chegar, é que só temos o poder de mudar aquilo que controlamos.

Precisamos ter essa certeza:

Só temos o poder de mudar o que está sob nosso controle

Não podemos controlar a política, não podemos controlar a economia, não podemos controlar as decisões de outras pessoas.

Podemos influenciar, isso sim está sob nosso controle: exercer influência. Mas a decisão final, não está em nossas mãos.

Existem muitas coisas que estão fora de nosso controle.

Porém, também existem diversas situações, ações e pensamentos que temos controle. Aliás, existem muitas coisas que estão sob o nosso controle:

  • Podemos controlar nossas decisões conscientes
  • Podemos controlar nossas finanças
  • Podemos controlar nossos sentimentos
  • Podemos controlar nossa percepção do mundo

Como diria Obama:

Sim nós podemos!

Muitas vezes não controlamos, porque não sabemos como.

  • Podemos controlar nossas decisões conscientes

Mas tomamos mais decisões inconscientes do que decisões conscientes

  • Podemos controlar nossas finanças

Mas não sabemos bem como administrar nosso dinheiro. Não fomos ensinados, não fomos treinados. Aprendemos a administrar nosso dinheiro por tentativa e erro

  • Podemos controlar nossa percepção do mundo

Mas muitas vezes somos influenciados por terceiros e não temos uma opinião claramente definida.

A verdade é que

MUDAR DÓI!

Toda mudança é dolorida.

Quem nunca ouviu a frase: Sempre foi assim, pra que fazer diferente? Sempre fizemos desse jeito e ninguém nunca reclamou.

A maioria das pessoas são avessas a mudanças

A maioria das pessoas tem medo do desconhecido, tem medo de assumir o controle levar a vida para um lugar pior do que onde está. Mesmo que as coisas não estejam boas, o medo da mudança, medo da dor, medo do desconhecido, medo de perder o controle, faz com que as pessoas vivam como diz a música: “deixa a vida me levar, vida leva eu“.

Não faça isso. Você precisa tomar o controle da sua vida nas mão e deixar de viver ao sabor dos acontecimentos.

Muitas vezes, não sabemos nem o motivo, mas não queremos mudar.

Acontece que:

Fazer sempre as mesmas coisas,
vai te levar sempre ao mesmo resultado

Não espere que a situação mude, tome o controle e mude você.

Se você tem um sonho, por mais absurdo que ele pareça, vá buscar seu sonho.

Posso te garantir que seu sonho não vai cair no seu colo.

Sonhos precisam ser conquistados.

Você já assistiu o filme “A Procura da Felicidade”, com Will Smith?
Existe uma parte do filme onde Will Smith estava tendo um tempo difícil com seu filho e ele acaba por desmotivar seu filho. No instante seguinte, ele percebe a besteira que estava fazendo, reassume o controle da situação e faz um dos discursos mais motivadores e verdadeiros que eu já vi.

Olhe a cena abaixo:

Gosto tanto desse trecho do filme, em especial desse discurso, que eu tenho ele colado ao lado da minha mesa no trabalho. Pra que eu nunca esqueça de estar no controle e buscar meus sonhos.

Vitórias não são fáceis, se fosse fácil, qualquer um seria um vencedor.
Eu tenho visto que apenas aqueles que desejam profundo e lutam por seus sonhos que vencem as batalhas da vida.

Não espere que as mudanças aconteçam para que a vida seja melhor

Não espere melhorar a economia, o governo, seu chefe, ou nada que não esteja sob seu completo controle.

Mudança de vida vai acontecer quando você tomar o controle total sobre a sua vida e der o rumo correto pra ela.

Essa mudança, começa na mente.

Mude seus pensamentos!

Tenha certeza de que tudo o que você precisa, está disponível para você agora mesmo.

O que passou, passou. O ontem, já se foi.
Hoje é o dia, a hora é agora!

Não espere mudar o cenário, o ambiente, o trabalho ou a sua situação.

Mudanças devem acontecer de dentro pra fora.

Mude seus pensamentos a respeito da situação e comece a encontrar luz onde antes só havia trevas.

Veja pequenas oportunidades onde você está. Não precisa sair de onde você está para ver as oportunidades.

Observe atentamente

Quando eu falo para mudar, não é pra sair mudando tudo na sua vida sem critério. Mudança consistente, precisa de planejamento. Exige esforço na direção correta.

Não gosta do seu trabalho? Não peça demissão sem ter outra fonte de renda segura. Se esforce muito, onde você está, para encontrar as alternativas seguras e conscientes de uma mudança definitiva. Antes de mudar de direção, saiba qual a direção correta.

– “Mas como vamos saber a direção correta?”
– Dificilmente saberemos com certeza. Temos que experimentar. Não sair atirando pra todo lado. Estude as alternativas primeiro, pense nos prós e contras, pense nas consequências e nas possibilidades.
Temos de escolher uma direção e seguir em frente, pagando o preço necessário e sofrendo as consequências de nossas escolhas.

Mudança de vida, vai exigir mudança de direção. Mudança de direção vai exigir abrir mão da outra direção.

Quer uma vida saudável?

Vai exigir abrir mão do que não é saudável.

Quer para de fumar?

Vai exigir abrir mão do “prazer” provocado pela nicotina.

Quer largar as drogas?

Vai precisar achar outra forma de “lazer”, que gere mais felicidade que o “relax” momentâneo dos narcóticos.

Não está feliz com seu peso ou com seu corpo?

Não adianta para de comer, pois sem nutrientes, você vai ficar doente mais rápido do que  ficar magro. Se esforce para saber a forma correta de ter o corpo que você quer, no tempo certo. Não é fácil. Exige muito esforço. Exige disciplina. Exige abrir mão de algumas coisas.

MUDAR DÓI!

As vezes dói na alma, as vezes dói no corpo.

Largar um vício, dói na alma, dói no corpo, dói na mente… Não vai ser fácil, mas se fosse fácil, qualquer um faria. Vencer não é para qualquer um, vencer é para os que querem ardentemente vencer, pagam o preço e recebem a glória.

Vencer é para os que reconhecem que podem controlar suas vidas, pagam o preço da disciplina e da excelência.

Vencer não é para qualquer um, mas pode ser para você!

Você tem todas as ferramentas necessárias para vencer.

Busque e alcance seus sonhos!

Cada dia é um novo dia, uma nova oportunidade de mudar o rumo de nossas vidas e buscar nossos sonhos.

Quero deixar um desafio aqui:

 

Te desafio a, nesta semana, não prestar atenção para as notícias, não se preocupar com o governo, com os escândalos, com a corrupção, com o desemprego nem com as adversidades.

Nessa semana, treine sua mente.

Pare suas atividades por alguns instantes, em um lugar tranquilo.

Acalme sua mente

Pense no que você pode controlar, para mudar sua vida.

Foco total no que está sob seu controle, esqueça todo o resto.

Foco no seu trabalho, no seu negócio e nos seus sonhos.
Isso está sob o seu controle.

Foco na sua família, na sua casa e nos seus filhos.
Isso está sob o seu controle.

Foco em suas respostas e emoções.
Você não pode controlar os acontecimentos, mas pode controlar a sua reação a eles. Você pode decidir como quer se sentir.

Assuma o controle da sua vida!

Se você não acreditar em você mesmo, quem irá acreditar?

Assuma o controle da sua vida!

Deixe um comentário

Arquivado em Economia, Finanças